ANDRÉ PRANDO

André Prando é um dos principais nomes da música no Espírito Santo. O pop-psicodélico “Estranho Sutil” (2015) foi destaque em muitas listas, sites e mídias especializadas em 2015 como uma das revelações e melhores discos do ano. Prando tem circulado por diversas cidades do Brasil com um público bem difundido, já tendo passado com seu show por MG, SP, RJ, PE, RN, PA, BA, SC, quase todo o ES e participou também de festivais e projetos como: Psicodália (Rio Negrinho/SC), Festival MADA (Natal/RN), Noite Cantautores (Belo Horizonte/MG), DoSol (Natal/RN), Se Rasgum (Belém/PA), Festival FEBRE (Sorocaba/SP), Feira Noise (Feira de Santana/BA), Showlivre (São Paulo/SP), Sofar Sounds (BR). Seu som é bem pisado no rock e explora diferentes vertentes musicais com fluidez. Expressa sua identidade através de letras com forte cunho poético que estimulam a racionalidade e sensibilidade, buscando referências no cotidiano e literatura. Com voz e identidade marcante, chama atenção por sua performance visceral no palco.

Em 2019, Prando se concentra em Voador, seu novo disco. Feito via crowdfunding – com 119% da meta alcançada, e produzido por Tostoi (Lenine), o disco tem como pilar o rock experimental que permeia canções-pop-psicodélicas e participações especiais de Duda Brack, Lucas Estrela, Edu Szajnbrum, Mário Wamser, Zé da Flauta (Alceu, Ave Sangria), e o próprio Tostoi, entre outros.

Saiba Mais